® DIREITOS RESERVADOS  Wilson Mello Franco - LEI 9610 dos Direitos Autorais 1998      

MENU PRINCIPAL DICIONÁRIO dos SONHOS SIGNIFICADO dos NOMES

 

SONHOS: DRAMATIZAÇÃO DE TODAS AS NOSSAS MEMÓRIAS 

 

              

             Texto: Wilson Mello Franco          Contato

 

Os sonhos têm forte conotação com um momento especial que estamos vivendo em nossa vida, com momentos significativos que já vivemos nesta vida, e ainda com memórias de vidas que já vivemos neste planeta. Enfim, os sonhos são espelhos de nossa alma, refletindo memórias desta ou de outras tantas vidas que já tivemos. Como as vidas que já tivemos têm fortes influências sobre nossa vida atual, a “Providência” junta as partes do passado remoto (outras vidas) e do passado da vida presente, e ainda as partes dos acontecimentos recentes.

 

 Sonhos: Memórias de muitas vidas

Como se trata de um reflexo, muitas memórias se misturam na hora em que acontece o sonho, e elas se fundem pelos simples fato de que nessa dimensão mental a passagem do tempo é diferente do nosso mundo físico. São leis que podem ser vislumbradas na Teoria da Relatividade de Einstein, da dilatação do tempo, etc..

 

De nossas vidas passadas trazemos as principais memórias de nossos relacionamentos com os outros, e dos relacionamentos conosco mesmo – são as chamadas memórias cármicas -, as quais, mesmo enclausuradas num canto de nossa memória cerebral, deixa escapar alguns reflexos nesta vida. E nesta vida todos os fatos são memorizados, mesmo os mínimos aos quais não damos importância, como por exemplo chutar uma pedra na rua quando andamos. Como tivemos muitas experiências no passado, e no presente continuamos tendo, os sonhos tendem a dramatizar simbolicamente uma dessas experiências. Assim, para interpretar um sonho, faz-se necessário o conhecimento desse simbolismo.    

 

  

DECOMPONDO A PALAVRA SONHO

 

 

A palavra portuguesa sonho se origina do latim somnio / somnium, e tem a mesma raiz de sono (em latim, somnus). Decompondo a palavra somnia (variação de somnio, de onde se origina o onímico Sônia) segundo os Mistérios pela Lei da Palavra, obteremos uma definição exata do que é o SONHO:

 

Somnia

 

Som, de summa: = a soma, o sumário

Omnio: = de todas

Mnio, de mnemosis = memória

Animos (somnia, escrita ao contrário) = movimento, animação

 

 

No que se define como se propõe na Introdução:

 Sonho é o movimento (animação) da soma (sumário) de todas as nossas memórias.

 

Som pode ainda tomar o sentido do verbo, somos, e animos, nossas almas, pelo que ainda podemos definir: Somos um sumário das memórias de todas as nossas almas. E ainda som tem o sentido de palavra, e a palavra é o logos, o eu visível manifesto na inteligência de cada um de nós, pelo que podemos resumir que sonho é o movimento de tudo o que somos

 

 

 

   OS TIPOS DE SONHOS:

 

 

Os sonhos podem ser classificados em nove tipos característicos:

 

1) - Sonhos da memória atual, ou residuais, que são reprises de momentos já vividos nesta vida.

 

2) - Sonhos compensatórios, nos quais compensamos ou substituímos momentos frustrantes por um ideal satisfatório ou compensador.

 

3) - Sonhos emocionais, os quais refletem medo preocupação, esperanças e anseios, medo do desconhecido, ansiedade ou outra emoção que está perturbando o sonhador.

 

4) - Sonhos traumáticos: podem ser recorrentes e estar ligados a momentos traumáticos de reencarnações anteriores. Tais momentos traumáticos são revividos por meio de símbolos ou mesmo da própria reminiscência do fato acontecido.

 

5) - Sonhos de premências físicas: relacionados com os desconfortos que temos enquanto estamos dormindo. Por exemplo: quando estamos com a bexiga cheia geralmente sonhamos que estamos indo ao banheiro ou urinando para nos aliviar.  

 

6) - Sonhos premonitórios: mostram acontecimento que irão se realizar, ou tendências a se realizarem. Às vezes se realizam por viés, isto é, podemos sonhar que um vizinho sofrerá um acidente mas de fato quem o sofre é alguém que nos é caro. Este tipo de sonho pode ocorrer direto, como numa visão, ou se dar por meio de símbolos nem sempre decifráveis a tempo.

 

7) - Sonhos telepáticos: captam mensagens que outra pessoa quer transmitir para você, podendo ser de alguém que está a milhares de quilômetros dali, e que acabou de morrer.
           

 8) – Sonhos de lembrança de viagem astral: dramatização em forma de sonho de viagens astrais, muitas vezes associada com o encontro de parentes falecidos. Podem também refletir lembranças de tais viagens por paragens diversas, de modo que muitas vezes ao passarmos perto de um lugar que nunca estivemos antes temos aquela sensação de “já estive aqui antes”.

           

           9) – Sonhos da memória reencarnacional, nos quais relembramos figurativamente de momentos vividos em outras vidas. Geralmente são confusos e esquisitos.

 

                                             

  A SEGUIR >>>> Os tipos de sonhos, segundo Edgar Cayce

                                                  Menu SONHOS

 

 

 

 

 

 ® DIREITOS RESERVADOS - LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.