® DIREITOS RESERVADOS  Wilson Mello Franco - LEI 9610 dos Direitos Autorais 1998      

SONHOS: A VIDA FRACTAL

ACESSE O MENU COMPLETO

Dicionário dos Sonhos 

DICIONÁRIO

DOS NOMES  

Conheça o significado do seu NOME

 

Armazenando Memórias

 e Construindo a Consciência

 

 

Uma vez adormecido, seu cérebro fica ocupado apreendendo o sentido de suas experiências ocorridas durante o dia, consolidando memórias e transformando recordações de curto prazo em longo prazo. Pelo que, se você se privar de sono sua memória será a primeira a ser afetada. 

 

Jan Born, um neurocientista na Universidade de Lübeck, Alemanha, acredita que este armazenamento de memória acontece nos estados de sono profundo, não de sonho, e que a maior parte deste armazenamento ocorre na primeira metade da noite. “O sono é muito importante para a consciência estabelecida por criar memórias de longo prazo. Sem recordações não teríamos consciência.” 

 

A recuperação do cérebro começa depois de 30 minutos de sono, e continua durante as próximas cinco horas. Para melhorar a memória é essencial dormir pelo menos sete horas diárias, porém, não se sabe porque, algumas pessoas dormem só cinco horas e se sentem muito bem.

 

Estudos indicaram que nosso centro emocional animal ficaria 60% mais ativo quando nos privamos de sono, ou seja, nosso humor piora significativamente e tenderemos a expressar bem mais as emoções negativas fortes, como a raiva ou o ciúme do que quando estamos descansados pelo sono. 

 

Se você está passando por um período difícil em sua vida profissional ou pessoal, dormir bem é essencial. Quando alguém se priva de sono, suas emoções o subjugam, porque substâncias produzidas pelo cérebro para compensar o desgaste podem afetar negativamente o centro emocional, e a preocupação tenderá a se perpetuar porque a vida sempre estará oferecendo mais do mesmo para você, quer bom, quer ruim. E piorará simplesmente porque além do problema você terá ainda que se preocupar com a insônia. Terá que, de uma forma ou de outra, tirar o problema da cabeça, talvez por meio de um estratagema pessoal, um passatempo, a leitura, ouvindo gravações de autoajuda...

 

Normalmente quando estamos com um problema ficamos ansiosos, e comemos excessivamente, e isso agrava a capacidade do cérebro de encontrar uma solução perfeita. Tente comer pouco, o jejum controlado parece ativar certas propriedades criativas do cérebro, e não por acaso que é recomendado nos textos religiosos. Não coma antes de dormir, e muito menos se levante no meio da noite para fazer uma excursão até a geladeira.

 

Ao contrário de muitos que ficam ansiosos, outros simplesmente perdem o apetite. Mas isso não considerado um jejum saudável pelo cérebro, mas uma ameaça à vida, pelo que provavelmente serão produzidas substâncias que tentariam bloquear essa ameaça, e a produção dessas substâncias longe de significar um apoio na busca da solução, podem se constituir em novos bloqueios.   

 

Se tiver problemas com o sono, porque precisa resolver um problema, procure encontrar alguma coisa que o relaxe. Experimente tomar um chá de alguma planta calmante antes de ir pra cama, ou resolver um quebra-cabeça, ou ler, ou ouvir CDs de relaxamento. Pesquisas têm demonstrado que determinados artifícios são verdadeiros calmantes naturais.

 

 

 

<<<  RETORNA      CONTINUA >>>

 

 

 

 

 ® DIREITOS RESERVADOS - LEI 9610 dos Direitos Autorais, de 1998.